19/12/2011

Jovens e consumidores de renda mais alta são os mais otimistas com o futuro da economia.

Foi o melhor resultado desde abril, que registrou 159,4 pontos. Entretanto, na comparação com dezembro do ano passado, o ICC está 3,7% menor.

São Paulo – O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) atingiu 158,2 pontos em dezembro, 1,8% superior a novembro, em uma escala que varia de 0 (pessimismo) a 200 pontos (otimismo).

Foi o melhor resultado desde abril, que registrou 159,4 pontos. Entretanto, na comparação com dezembro do ano passado, o ICC está 3,7% menor.

Segundo a Fecomercio paulista, o nível de confiança do consumidor reflete o crescimento do emprego e da renda ao longo do ano e o pagamento do décimo terceiro salário. De acordo com o levantamento, a confiança do consumidor está relacionada diretamente à prória renda. O ICC dos consumidores que recebem dez salários mínimos ou mais foi 164,3 pontos, enquanto o índice do grupo com renda inferior a dez salários mínimos foi 143,9 pontos.

A pesquisa da Fecomercio-SP mostra também que a confiança do consumidor varia de acordo com a faixa etária dos entrevistados. Na pesquisa, o ICC dos consumidores com mais de 35 anos foi 156,7 pontos. Consumidores com menos de 35 anos apresentaram ICC de 167,2 pontos este mês.

Fonte: Diário do Amazonas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.