29/02/2012

Manaus: Cresce venda de imóveis em 2011.

O maior volume de unidades vendidas nos três últimos meses do ano passado foi imóveis até 100 metros quadrados (m²), com 907 no total.

Manaus - De janeiro a dezembro de 2011, o setor imobiliário vendeu 5.143 unidades, um aumento de 21,2% em relação ao ano anterior. Em 2010, as vendas de casas e apartamentos somaram 4.243. Os dados são do Índice de Velocidade de Vendas (IVV), do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM) com informações de 19 construtoras locais.
 
Segundo o levantamento, somente no último trimestre de 2011, foram colocadas à venda cerca de 4,8 mil unidades habitacionais, sendo que 1,5 foram vendidas, o melhor resultado de comercialização desde 2009.
“Nós tivemos um resultado nas vendas em 2011 de 11% e esperamos para este ano um incremento de 7%. A economia está caminhando para patamares menores, mas a construção civil ainda deve ficar maior do que o PIB (Produto Interno Bruto) nacional”, informou o vice-presidente da entidade, Frank Souza. 
 
Segundo a entidade, o maior volume de unidades vendidas nos três últimos meses do ano passado foi imóveis até 100 metros quadrados (m²), com 907 no total. Já as casas e apartamentos com tamanho entre 100 m² e 150 m² representaram pouco mais de 523 transações. Unidades com até um quarto tiveram maior velocidade de vendas. 
 
O bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, obteve maior  IVV, com 265 unidades comercializadas, dentre as 414 ofertadas. No entanto, o maior número de imóveis oferecidos foi concentrado no bairro Ponta Negra, apesar de não ter o melhor índice de vendas. Em relação ao m² mais caro da capital, o mais alto foi percebido no bairro Adrianópolis, R$ 7.263,29. Em seguida, Ponta Negra e Parque 10 aparecem com m² valendo R$ 4.295.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.