06/03/2012

PARÁ: Indústria gera mais de 1.300 postos.

Um estudo divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA), com base nos dados do Caged, do Ministério do Trabalho, mostra um crescimento nos empregos formais no setor da indústria de transformação no Pará de 1,49%, nos últimos 12 meses. Foram feitas 46.775 admissões contra 45.427 desligamentos no período com saldo positivo de 1.348 postos de trabalho.

Em janeiro deste ano, o crescimento foi 0,25%, com 4.212 admissões contra 3.984 desligamentos e saldo positivo de 228 postos de trabalho – o melhor resultado apresentado entre todos os Estados da região Norte no período. Em janeiro de 2011, o setor também apresentou saldo positivo de 97 postos de trabalho - 3.640 admissões contra 3.543 desligamentos.

A maioria dos Estados da região Norte apresentou saldo positivo de empregos formais, em janeiro desde ano. Depois do Pará, destacam-se o Acre (75 postos de trabalho) e Rondônia (70 postos de trabalho). O Amazonas foi destaque entre os Estados que apresentaram perda de empregos formais com saldo negativo de 156, seguido de Roraima. Em toda a região Norte foram feitas 11.827 admissões contra 11.679 desligamentos, gerando um saldo positivo de 148 postos de trabalho com crescimento de 0,05%.

O estudo integra o projeto Observatório do Trabalho do Estado do Pará que é realizado em parceria entre o Dieese e o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda - Seter.

Fonte: Diário do Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.