05/08/2012

Investimento no pequeno negócio avança no Amazonas.

Manaus - O número de pessoas que vêm investindo no pequeno negócio no Amazonas cresceu, por mês, quase 50% do ano passado para cá.

Neste período, o registro mensal de Microempreendedores Individuais (MEIs), que faturam até R$ 60 mil por ano, evoluiu 44,5%, passando de uma média de 830 para 1,2 mil por mês. As facilidades administrativas possibilitadas com o uso da internet estão entre os motivos que incentivaram a expansão da abertura de micronegócios.

Vendas de vestuário, comércio de alimentos, salão de beleza e bares e restaurantes são as atividades mais desenvolvidas pelos MEIs no Amazonas. "A concentração nas atividades de comércio e serviços se dá devido ao fato de essas atividades serem de baixo valor agregado e demandarem baixo investimento, pois na indústria já necessita de investimento em imobilizado", explicou o diretor-superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amazonas (Sebrae/AM), Nelson Rocha.

Atualmente, existem 29.626 MEIs no Estado, segundo dados até 2 de agosto do Portal do Empreendedor. Considerando os sete primeiro meses do ano, o total de registros por mês chegou a 1.200. Esse índice era de 830 cadastros em 2011, quando foram contabilizados 9.940 microempreendedores. Em 2010, o número foi um pouco superior. Foram 11.291 registros de MEIs, o equivalente a 940 cadastros mensalmente.

"Em 2012 devemos ter cerca de 32 mil MEIs registrados aqui no Amazonas", informou o Nelson Rocha. Com o alcance dessa projeção, o total de microempreendedores no Estado alcançará um crescimento de 223% nesse ano em comparação a 2011.

Fonte: Diário do Amazonas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.