07/11/2016

Pará terá de qualificar 280 mil trabalhadores

O Pará terá de qualificar 280.458 trabalhadores em ocupações industriais nos níveis técnico, superior e de qualificação entre 2017 e 2020. Esses profissionais trabalham na indústria ou em atividades de serviços ou comércio que atendem direta ou indiretamente ao setor industrial. As áreas que mais vão demandar formação profissional no estado devem ser construção (111.190), meio ambiente e produção (49.722), metalmecânica (31.092), alimentos (23.378), energia (14.954), mineração (9.618), madeira e móveis (9.392), veículos (8.020), tecnologias da informação e comunicação (8.018), vestuário e calçados (5.525), petroquímica e química (4.317), papel e gráfica (1.732), pesquisa, desenvolvimento e design (499).

Os dados fazem parte do Mapa do Trabalho Industrial 2017-2020, elaborado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para subsidiar o planejamento da oferta de formação profissional da instituição. A pesquisa também pode apoiar os jovens brasileiros na escolha da profissão e, com isso, aumentar suas chances de ingresso no mercado de trabalho.

MAPEAMENTO

Em sua frente técnica de prospecção das demandas de mão de obra para a indústria, o Senai Pará já identificou previamente estes setores. "Há alguns anos, o Senai está desenvolvendo capacitações em educação profissional direcionadas para estas áreas, preparando milhares de novos profissionais para a indústria paraense, que tem absorvido 80% da mão de obra capacitada pelo Senai no estado", comenta José Conrado Santos, presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Pará. O Senai prevê realizar cerca de 450 mil matrículas em cursos estratégicos no mesmo período da pesquisa.

FORMAÇÃO DE TÉCNICO

Para se tornar um técnico, o profisisonal precisa fazer um curso com carga horária entre 800h e 1.200h (1 ano e seis meses). Esses cursos são destinados a alunos matriculados ou egressos do ensino médio e, ao final, o estudante recebe o diploma

(Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.