12/01/2017

Setor de serviços cresce 4,6% e registra segundo melhor resultado do País, diz IBGE

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o volume de serviços no Estado teve crescimento na passagem de outubro para novembro

Assim como a indústria, o setor de serviços sofreu uma reaquecida no Amazonas nos últimos meses de 2016. Segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quinta-feira (12), o volume de serviços no Estado cresceu 4,6% na passagem de outubro para novembro, registrando o segundo melhor resultado do País.

O setor de serviços atende, em grande escala, a indústria, prestando atividades como alimentação, limpeza e segurança. Uma vez que há aumento na produção da indústria, há consequentemente aumento da demanda para empresas de serviços.

Segundo o IBGE, a produção industrial do Amazonas cresceu 4,4%, entre outubro e novembro, o terceiro melhor resultado do País. Esse crescimento foi acompanhado pelos serviços, que registraram evolução de 4,6% no volume do setor, no mesmo período. Foi o segundo maior crescimento do Brasil, atrás somente da Bahia, onde o volume de serviços cresceu 5,2%.

Já no comparativo com novembro de 2015, o volume de serviços caiu 10,3%, no Amazonas. Apesar do dado negativo, o setor mostra melhoras em relação a outubro. Naquele mês, o volume havia caído 16,2% na comparação com outubro de 2015, mostra a pesquisa do IBGE.

O volume do setor de serviços, em nível nacional, cresceu 0,1% em novembro, em relação a outubro, aponta o IBGE. Na comparação com novembro de 2015, o setor registrou queda de 4,6%. Com esses resultados, as taxas acumuladas nos 11 meses de 2016 e nos últimos 12 meses ficaram ambas em 5% negativos.


Reprodução: Laís Motta / Diário do Amazonas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.