07/03/2017

Amazonas: Cesta básica de Manaus tem queda em fevereiro, mas é o dobro da inflação em 1 ano

A queda foi influenciada pelo preço da banana, que caiu 9,78%.

O preço da cesta básica de Manaus, composta por 12 produtos, caiu 5,14% em fevereiro, com relação a janeiro deste ano, ao totalizar R$ 375,44, segundo pesquisa mensal do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgada nesta terça-feira (7). No acumulado dos últimos 12 meses, o preço da cesta subiu mais do que o dobro da inflação, com alta de 14,26%. Em fevereiro, a queda foi influenciada pelo preço da banana, que caiu 9,78%.

Os demais produtos que tiveram queda foram tomate (7,55 %), leite (7,16%), feijão (6,96%), manteiga (6,29%), açúcar (4,82%), carne (4,15%), café (1,87%) e pão (0,76%). Em contrapartida, o óleo de soja foi o produto que apresentou maior alta no mês, 9,9%, seguido do arroz, com alta de 1,18%, e da farinha, com 0,55%.

Em janeiro deste ano, o conjunto de itens alimentícios essenciais custava R$ 395,79, e agora está R$ 20,35 mais barata. Em fevereiro de 2016, a cesta básica custava R$ 437,86. Nos últimos 12 meses, o preço da cesta subiu mais do que o dobro da inflação, com alta de 14,26%. 

Com a queda do valor da cesta, Manaus passa a ocupar a 15° colocação no ranking das cestas mais caras, dentre as 27 capitais onde é realizada a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos.

De acordo com o Dieese, nas 27 capitais pesquisadas, as retrações mais expressivas ocorreram em Manaus (5,14%), Maceió (5,10%), Porto Alegre (4,00%), Brasília (3,71%) e Rio de Janeiro (3,55%). As elevações foram anotadas em Natal (0,59%) e São Luís (0,14%).

A alimentação da família manauara custa R$ 1.126,32. Ainda de acordo com o Dieese, o custo da cesta básica para o sustento de uma família de quatro pessoas (dois adultos e duas crianças, sendo que estas consomem o equivalente a um adulto) foi de R$ 1.126,32 durante o mês de fevereiro de 2017. Esse valor equivale a aproximadamente 1,20 vezes o salário mínimo bruto, fixado pelo governo federal em R$ 937,00. No mês anterior, o custo da cesta básica para esta mesma família era menor e foi de R$ 1.187,37, 1,27 vezes o salário mínimo bruto praticado naquele momento.

Reprodução: Asafe Augusto via Diário do Amazonas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.