28/03/2017

Pará: Setor industrial apresenta queda nas admissões em Fevereiro

Em fevereiro deste ano, foram 3.018 demissões na indústria de transformação. Nos últimos 12 meses houve decréscimo de 4,64% na geração de empregos.

Uma pesquisa divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos no Pará (Dieese-PA) nesta terça-feira (28), em Belém, aponta a queda nas contratações e o aumento nas demissões no setor industrial no Pará, ainda evidenciando os efeitos da crise econômica no país.

Segundo o balanço do mês de fevereiro de 2017, foram feitas 2.017 admissões contra 2.782 desligamentos gerando um saldo negativo de 765 postos de trabalhos no setor da indústria de transformação. No mesmo período de 2016, a Indústria paraense também apresentou queda na geração de empregos formais, porém, um pouco menor que o verificado este ano. Foram feitas naquela oportunidade 2.382 admissões contra 3.018 desligamentos gerando um saldo negativo de 636 postos de trabalhos.

O estudo sobre a flutuação dos postos de trabalhos no setor nos dois primeiros meses de 2017 (janeiro e fevereiro) mostra saldo negativo de empregos formais no comparativo entre admitidos e desligados, com decréscimo de 1,04%. Foram feitas, em todo o Pará, 4.429 admissões contra 5.286 desligamentos, gerando um saldo negativo de 857 postos de trabalhos.

O estudo sobre a flutuação dos postos de trabalhos no setor nos últimos 12 meses mostra saldo negativo de empregos formais no comparativo entre admitidos e desligados, com decréscimo de 4,64%. Foram feitas, em todo o Pará, 30.302 admissões contra 34.271 desligamentos, gerando um saldo negativo de 3.969 postos de trabalhos.


Reprodução: G1 Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.