23/05/2017

ARTIGO: Gestão Esportiva e Cultural

O brasileiro tem como paixões, futebol, carnaval e samba, segundo várias opiniões como o cantor Latino e várias pessoas que estudam o Brasil, tais como o antropólogo Roberto da Matta e tantos outros.
Observando sob este prisma podemos dizer que o futebol é como se fosse uma paixão e uma fé. Cada time desperta em seus torcedores sentimentos de amor e ódio, que passam pela euforia quando o time ganha e depressão se acontece o contrário.
Dizem que uma empresa multinacional, quando percebeu que na segunda e quinta-feira (dia posterior aos jogos de futebol), a produtividade em sua fábrica decaia, pois os funcionários do time perdedor entravam cabisbaixos e chateados, adotou o seguinte critério: o Diretor de Recursos Humanos desta empresa baixou uma CI (Comunicado Interno), solicitando que os funcionários de tal empresa utilizassem fitas coloridas nos braços. A fita vermelha significaria que a pessoa não estava se sentindo bem naquele dia e o chefe deveria entender e até, se possível, tentar ajudar a pessoa e melhorar o seu astral e consequentemente a produtividade do mesmo.
Se o colaborador utilizasse a fita amarela, significava que ele estaria numa posição neutra e que a atenção ao mesmo também deveria ser dada, com menos preocupação do que caso anterior. Agora, se o colaborador estivesse usando a fita verde, ele estariam bem.


Transpondo a experiência para o cotidiano, mulheres e homens e seus respectivos pares que passem a utilizar este método na vida pessoal, imagine a cena: você chega em casa e sua companheira está com a fita verde. Oba: "hoje é festa lá no meu ap" e vamos conferir o estado de espírito.


Caso você chegue em casa e sua companhia esteja usando a fita amarela, experimente um vinho, música e luz de vela, quem sabe ainda se consegue alguma coisa... O duro é se chegar em casa e encontrar a fita vermelha. Aconselham os consultores (profissionais que ajudam os administradores) que nestes momentos, todo cuidado é pouco! A atenção à pessoa amada deve ser ampla total e irrestrita.
O carnaval, diz o grande escritor Roberto da Matta, é uma metáfora de uma organização. As pessoas trabalham o ano inteiro para que em poucos dias seja criado um espetáculo que encanta ao mundo. Dizem que a combinação de criatividade do brasileiro no mundo dos negócios pode ser vista na sua criatividade ao fazer o carnaval.
É uma organização aparentemente caótica, mas se vê pelas transmissões e por quem assiste ao vivo que acaba sendo um espetáculo de criação, paixão, intuição e muito amor. O carnaval aparentemente reflete que uma empresa administrada de maneira informal produz resultados fantásticos e demonstra que a criatividade do brasileiro, se bem utilizada, dá resultados.
Outrossim, note-se que falar do samba é falar da paixão do brasileiro por música e por dança. Resumo da ópera: futebol, carnaval e samba são combinações que fazem o brasileiro viver melhor, comer melhor (sem trocadilhos) e dormir melhor.
O futebol no Brasil mal administrado é pentacampeão mundial, imagine se fosse bem administrado. Vocês pararam para pensar na hipótese de o Flamengo, Atlético, Corinthians e demais clubes se tornarem empresas Sociedades Anônimas (S/A), com ações negociadas nas Bolsas de Valores!!!

ARTICULISTA: Robson Paniago é Administrador Tecnológico & Social
Contato: robsonpaniago@hotmail.com; robson.paniago@fgv.br
Fones: (19) 99903-7805

____________________________________
Nota editorial: Os pensamentos e ideias acima expostos não necessariamente refletem nossa opinião e são de responsabilidade exclusiva do (s) Autor (es) do Artigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.