02/08/2017

Pará: Indústria de transformação perde mais de mil empregos no 1º semestre

O setor de indústria de transformação no Pará perdeu 1.053 postos de trabalhos no primeiro semestre do ano, com decréscimo de 1,28% na geração de empregos formais. Os números estão em pesquisa do Dieese-PA (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) nesta quarta-feira (2).

Segundo os números da pesquisa, entre janeiro e julho, o Pará realizou 14.094 admissões, contra 15.147 desligamentos, o que resultou em saldo negativo de 1.053 postos de trabalhos. No mesmo período do ano passado, o saldo também ficou negativo, só que maior que o verificado este ano, já que ficou em menos 2.072 empregos. 

Entre todos os estados do Norte, somente Rondônia e Tocantins fecharam o mês com saldos positivos de 285 e 187 postos de trabalhos, respectivamente. Na outra ponta, o destaque negativo ficou com Amazonas, que perdeu 1.438 postos de trabalhos, seguido do Pará com menos 1.053 postos. 

Nos últimos 12 meses, o Pará realizou 28.603 admissões, contra 32.314 desligamentos, o que gerou saldo negativo de 3.711 empregos e decréscimo de 4,36% na geração de novos empregos. 

Reprodução: ORM News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Após comentar divulgue o blog do Clube de Administração para seus amigos.